Instituto Holcim apoia instalação dos “Muros Inteligentes” PDF

O Instituto Holcim, a RedeAmérica, a Lafarge Holcim e a Prefeitura de Pedro Leopoldo são  parceiros do projeto Recoa (Rede Comunitária em Ação) no lançamento do Muro Inteligente, programa que terá a primeira unidade inaugurada na quarta-feira (04), às 09h30  horas, na APAE - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais. A ação visa conscientizar a população de Pedro Leopoldo sobre a preservação ambiental a partir coleta seletiva. Além do Muro Inteligente na APAE, serão inaugurados, nos dias 18 e 25 deste mês, os muros na Secretaria Municipal de Educação e na Escola Municipal José Elias da Costa, respectivamente.

O programa também prevê a instalação de outros quatro muros na cidade – Escola Municipal Heitor Cláudio Sales, Escola Municipal Raimundo Salvador, Escola Municipal José Pedro Filho e ESF (Estratégia de Saúde da Família) de Ferreiras – para aumentar a coleta seletiva . Atualmente, apenas cerca de 2% de todo o material reciclável descartado pelo município é recolhido através da coleta seletiva de porta em porta, iniciativa que existe na cidade há 10 anos. Com a implantação dos sete muros na região, a meta é recolher 15% de todo esse material.

Com o intuito de facilitar a coleta seletiva, os Muros Inteligentes são instalações com aberturas que direcionam o lixo depositado a um container, o qual armazena separadamente o material. Esses materiais  ficam armazenados para, posteriormente, serem recolhidos, reciclados e descartados de maneira adequada pela ASCAPEL – Associação dos Catadores  de Pedro Leopoldo. Os muros serão grafitados com a sinalização informando onde cada tipo de resíduo deve ser despejado.

Para o Instituto Holcim, os Muros Inteligentes fazem parte da visão de desenvolvimento sustentável da região e contribuem para a melhoria da qualidade de vida da comunidade. “Desta forma, conseguimos melhorar e ampliar o trabalho de coleta seletiva e reciclagem, e multiplicar a conscientização sobre preservação ambiental”, explica Cynthia Ferraz, gestora local do  Instituto Holcim.

Segundo Márcia Adriana Lopes, coordenadora do projeto Recoa, além do cunho ambiental, o projeto também atua com o desenvolvimento social. “A arrecadação de resíduos sólidos recicláveis será maior e beneficiará às famílias dos catadores da ASCAPEL”, disse Márcia.

Recoa e Fundo Comunidade em Rede

O projeto Recoa (Rede Comunitária em Ação)  foi criado em 2013 a partir do trabalho realizado pelo Fundo Comunidade em Rede, convênio mantido entre o Instituto Holcim e outras cinco fundações e institutos empresariais, integrantes do Bloco Brasil da RedEAmérica, com a Fundação Interamericana, organização autônoma do governo dos Estados Unidos. O Recoa é uma rede formada por  12 associações locais, e tem como objetivo fortalecer as organizações de base participantes e trabalhar com a conscientização e preservação ambiental.

Sobre o Instituto Holcim

O Instituto Holcim (IH) é uma associação sem fins lucrativos, reconhecida como Oscip – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – criada em 2002 pela Holcim Brasil para fazer a gestão dos investimentos sociais do grupo no Brasil. Os projetos de investimento social, apoiados pelo Instituto Holcim, são desenvolvidos e gerenciados pela comunidade, o Instituto atua como um facilitador. O trabalho abrange os municípios de Barroso e Pedro Leopoldo, em Minas Gerais; Cantagalo, Cordeiro, Macuco e Magé, no Rio de Janeiro; e Mairiporã, em São Paulo. O Instituto Holcim é associado ao Grupo de Institutos e Fundações e Empresas (Gife) e à RedEAmérica.